Enquanto os jogos olímpicos aconteciam em Tóquio, as crianças e adolescentes de Araranguá vinculadas ao SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos) executado no CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), participavam de atividades que envolviam a temática.

 

Os jovens, fizeram pesquisas na internet para entender a origem e a história das olimpíadas, assistiram ao filme brasileiro “4×100: Correndo por um Sonho”, que aborda a convivência de atletas que precisam entrar em sintonia para vencer a Olimpíada de Tóquio.

 

A narrativa, mostra a imensa pressão para obter uma medalha, as frustrações no processo e a importância do fortalecimento de vínculo entre as mulheres dentro de um cenário extremamente competitivo.

 

Segundo a Coordenadora do CRAS, Hanna Arns Raupp, foi realizada uma roda de conversa sobre o protagonismo feminino das atletas brasileiras nas olimpíadas, o respeito pelas outras nacionalidades e culturas, que contribuem na formação do povo brasileiro.

 

”As crianças confeccionaram um mural em homenagem aos atletas brasileiros, medalhistas nas Olimpíadas de Tóquio 2020. A fim, de ser uma representação visual, pois tudo que se almeja, pode ser realizado. Traz empolgação e ajuda na manifestação dos sonhos e objetivos”, destaca Hanna.

 

 

 

Fonte: Assessoria de imprensa de Araranguá.