Retornou a pleno funcionamento nesta sexta-feira (24), o equipamento de Raio-X da UPA de Araranguá, que estava danificado desde o dia 27 de junho. A partir disso, uma complexa ação foi realizada para consertar o equipamento no menor tempo possível, pois a peça que deveria ser substituída é importada pela Empresa AGFA Healthcare Brasil Importação, de São Paulo, que fornece peças para este tipo de equipamento. Sempre há uma logística de compra e entrega que requer algum tempo.

Já a manutenção e instalação é realizada por outra empresa, a IBF de Curitiba, que é especializada no reparo do equipamento. Algumas visitas dos técnicos da IBF, foram feitas ao longo deste período no intuito de sanar o problema o mais breve possível.

A Administração de Araranguá, fez um investimento em torno de R$ 17.580,36 para o conserto do Raio-X e também, para compra de um novo “Nobreak”, que é um dispositivo que previne as quedas de energia porquê o mesmo funciona como uma bateria por um período de tempo.

Segundo a Coordenadora da UPA, Ellen Lazzaretti, os atendimentos que requerem o uso do Raio-X, voltam a normalidade e serão utilizados pelos pacientes da UPA sempre que houver a indicação médica.

 

Fonte: Portal Araranguá.