Nesta segunda-feira (28), o Serviço Aeromédico (Sarasul) foi acionado para realizar a transferência de uma gestante de 39 anos, de Araranguá para a Maternidade de Lages. A gestante de 33 semanas possui diabetes e estava há quatro dias com ruptura prematura de membranas (ruprema). A ruptura predispõe ao parto prematuro. Além disso, apresentou pouco líquido amniótico.

Devido a prematuridade da criança, a gestante precisou ser encaminhada para Lages, pela necessidade de um leito UTI neonatal. Com a utilização da aeronave, em 40 minutos a paciente já estava aos cuidados da equipe médica da cidade serrana.