Além do partido de Bolsonaro, fizeram obstrução PT, PSB, PDT, PSOL e PCdoB.

A Câmara aprovou na noite desta terça-feira, por 314 votos a 14, a MP editada por Bolsonaro. A medida transfere a articulação política da Casa Civil, comandada pelo ministro Onyx Lorenzoni, para a Secretaria de Governo (Segov), chefiada pelo general Luiz Eduardo Ramos. Também determina que a Subchefia para Assuntos Jurídicos (SAJ) deixe a pasta e passe a integrar a Secretaria-Geral da Presidência.


Última atualização: 12/05/2020.
Por Redação FS