Em Santa Catarina, pelo 25 municípios estão situação crítica devido à estiagem (veja lista abaixo). Há duas semanas, eram 10 cidades nesta situação, segundo dados do comitê de crise do governo do Estado. A maior parte destes municípios estão localizados nas regiões Oeste e Extremo-Oeste.

O estado crítico significa que os mananciais utilizados para abastecimento da população estão afetados significativamente, sendo necessárias ações de rodízio prolongadas, intervenções de infraestrutura hídrica e ajuda humanitária.

No período, também cresceu o número de cidades em situação de alerta: de 23 para 28. Neste cenário, a captação de água está reduzida, o que exige ações contingenciais por parte dos municípios e concessionárias para garantir o abastecimento.

Chuvas

O boletim também mostrou que as chuvas estão acontecendo de forma irregular no território catarinense. Nas regiões mais próximas ao litoral, a precipitação nos primeiros 16 dias do mês foi próxima dos 100 mm, com algumas localidades chegando a 120 mm. Em contrapartida, no Oeste e na Serra, os volumes estão bem menores, com chuvas inferiores a 10 mm em algumas cidades.

Segundo a Epagri/Ciram a previsão é de que a precipitação continue acontecendo de forma irregular nos próximos dias, com os maiores volumes no litoral. A estimativa é de que a situação se normalize apenas depois do dia 25, com chuvas acontecendo de forma mais distribuída pelo Estado, inclusive nas regiões mais afetadas pela estiagem.

Chuvas

O boletim também mostrou que as chuvas estão acontecendo de forma irregular no território catarinense. Nas regiões mais próximas ao litoral, a precipitação nos primeiros 16 dias do mês foi próxima dos 100 mm, com algumas localidades chegando a 120 mm. Em contrapartida, no Oeste e na Serra, os volumes estão bem menores, com chuvas inferiores a 10 mm em algumas cidades.

Segundo a Epagri/Ciram a previsão é de que a precipitação continue acontecendo de forma irregular nos próximos dias, com os maiores volumes no litoral. A estimativa é de que a situação se normalize apenas depois do dia 25, com chuvas acontecendo de forma mais distribuída pelo Estado, inclusive nas regiões mais afetadas pela estiagem.

Além disso, o Estado também registra nove rios em situação de emergência. Estes rios estão localizados em sete cidades: Chapadão do Lageado, Concórdia, Coronel Freitas, Joaçaba, Mondaí, São João Batista e Tangará.

Municípios em situação crítica por falta de abastecimento:

– Abdon Batista
– Águas Frias
– Araquari
– Arroio Trinta
– Bandeirante
– Bom Jesus do Oeste
– Brusque
– Chapecó
– Cordilheira Alta
– Coronel Martins
– Cunha Porã
– Cunhataí
– Entre Rios
– Formosa do Sul
– Iporã do Oeste
– Maravilha
– Monte Carlo
– Nova Erechim
– Nova Itaberaba
– Santa Helena
– São João do Oeste
– São Miguel do Oeste
– Seara
– Vargeão
– Xaxim