Última atualização:

Eles foram retirar da água um equipamento utilizado na obra da BR-285, mas ficaram ilhados

Helicóptero do Corpo de Bombeiros acaba de ser utilizado para o resgate de quatro trabalhadores de empresa de Turvo, prestadora de serviço das obras na BR-285.

Equipe estava ilhada em porção de material dentro do Rio Amola Faca que subiu rapidamente com as chuvas das últimas horas.

O consórcio construtor (SETEP/IVAÍ/SOTEPA) da rodovia acaba de informar que os quatro trabalhadores foram resgatados, apesar do perigo iminente, sem ferimentos e já se encontram à salvo fora do rio.

Eles tentavam remover uma retroescavadeira que estava ficando ilhada com a elevação do nível do rio e com a intensificação das chuvas não conseguiram retornar a tempo à margem, pela forte correnteza que se formou rapidamente.

O Arcanjo do CBMSC foi então empenhado para o resgate, sendo também empenhada guarnição terrestre para apoio e possível necessidade de resgate por embarcação como plano B. Entretanto o resgate aéreo foi possível, garantindo a segurança dos 4 trabalhadores que não apresentavam ferimentos e estavam bem.

Queda de barreiras

A chuva intensa que atinge Santa Catarina provocou a queda de barreiras na Serra da Rocinha na manhã desta terça. Foram registrados deslizamentos no km 53+900, quase na divisa com o Rio Grande do Sul.

Para viabilizar a desobstrução da estrada e garantir a segurança dos usuários, o DNIT informa que não será permitida a passagem de veículos, por meio do sistema de comboio, na tarde desta terça e na manhã de quarta-feira, 8.