Última atualização:

A forte chuva acompanhada de fortes rajadas de vento e raios que atinge parte de Santa Catarina nesta terça-feira, (30) deixou uma pessoa morta, vias alagadas, destelhamentos e um rastro de destruição. Em algumas cidades houve registro de granizo.

Em Chapecó, uma idosa de 78 anos morreu após ser atingida por uma árvore derrubada pela força do vento. O caso ocorreu próxima do aeroporto, no bairro Quedas do Palmital. A equipe do Corpo de Bombeiros prestou atendimento, mas a vítima não resistiu e morreu no local. Ainda não há mais detalhes sobre a identificação.

A velocidade do vento chegou a 108 km/h por volta das 13h30 no município, segundo Marcelo Martins, que é o meteorologista da Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições climáticas no estado. Segundo a Defesa Civil do município, foram registradas até as 12h45 mais de 86 ocorrências.

Ja em concórdia Segundo a Prefeitura do município foram registrados danos em 15 unidades escolares, dois Centros de Convivência, e o destelhamento do terminal rodoviário. Até as 15h, não havia registro de feridos no município.

No sul do estado, foi registrado granizo ainda na manhã desta terça-feira no interior do municipio de Sombrio. Apesar de pancadas fortes de chuva e rajadas moderadas de vento, não se tem registro de transtorno na região sul catarinense.

Por volta das 15h, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) informou que trechos da SC-157 e SC-305 tiveram ocorrências de árvores caídas na pista. A orientação é para que os usuários se desloquem com velocidade reduzida e o máximo de atenção, principalmente entre São Lourenço do Oeste e Novo Horizonte, e no km 2 ao 8 da SC-305 em São Lourenço do Oeste.